Home / Sem categoria / Jiu-jitsu no Brasil

Jiu-jitsu no Brasil

O Jiu-jitsu no Brasil se consolidou ainda no ano de 1914 e grande parte disso se deu em decorrência do empenho e dos conhecimentos do japonês Mitsuyo Maeda!

Ele está vendo de uma turnê na América do Norte e Central onde acabou apresentando em caráter especial seus conhecimentos em duas artes marciais já então bem consolidadas em outros países.

No caso, o Judô e o Jiu-jitsu foram suas artes escolhidas e ambas as artes quando foram apresentadas na época causaram uma ótima impressão.

Chamado por muitos de Conde Koma, Maeda acabou escolhendo a região de Belém do Pará para montar sua residência fixa, e mesmo assumindo o importante papel de Consul do Japão, ele jamais abandou as artes marciais!

Um de seus grandes alunos foi Carlos Gracie, mas o destaque em como alguns atributos das técnicas foram difundidos no país não foi de sua responsabilidade.

Na verdade, Carlos tinha um irmão chamado Hélio que acabou elaborando uma técnica própria totalmente baseada em alavancas, que são golpes que recorrem ao peso do seu adversário.

Para Hélio esse sistema era muito mais eficiente ainda no chão, sendo que é quando o peso do corpo atinge sua maior força! Essa foi uma de suas maiores contribuições para essa grande arte marcial!

Jiu-jitsu no Brasil – as técnicas brasileiras ajudam a favorecer o lutador que seja fisicamente considerado mais fraco!

Um dos pontos altos do Jiu-jitsu no Brasil é o fato de se parecer que o lutador, mesmo que sendo menor, consegue ter um excelente desempenho quando enfrenta um oponente mais robusto.

A agilidade dos movimentos e técnicas é o grande diferencial – um exemplo disso pode ser atribuído ao golpe chamado David e Golias que recorre ao uso das pernas que deverão prender o pescoço do oponente e seu ombro.

Nesse caso, o lutador menor consegue deixar seu oponente totalmente sem ação, permitindo que seu desempenho seja superior!

Esse movimento é denominado como chave de braço voadora e quando bem-feita pode simplesmente fazer com que o adversário seja rendido.

Técnicas como essas e tantas outras fazem com que o Jiu-jitsu brasileiro seja bastante reconhecido mundialmente e geram respeito por parte dos adversários em campeonatos variados!

 

Porque aprender Jiu-jitsu no Brasil vale a pena?

A arte marcial é uma excelente maneira de obter um bom condicionamento físico, agregando ainda uma série de benefícios para sua saúde, bem estar e mais equilíbrio para o seu estilo de vida!

O Jiu-Jitsu é um grande aliado para atribuir mais flexibilidade, força física, ganho de massa muscular, definição do corpo e muito outros aspectos.

Além disso, ele pode ser realmente importante para ajudar na manutenção do sistema respiratório, minimizar até mesmo os sintomas de estresse e ansiedade e ajudar a promover a autoestima!

Além de todos esses diferenciais, essa arte marcial ainda é bastante indicada para quem deseja perder peso e até mesmo ter uma melhor definição do corpo, principalmente da região abdominal.

Em um embate, o aluno pode chegar a perder até 1000 calorias e os benefícios se intensificam consideravelmente com o passar do tempo!

O esporte ainda é bastante indicado para crianças e mulheres, sendo que ele ainda ajuda a estabelecer uma boa formação de postura e respeito mútuo pelo próximo!

O Jiu-jitsu no Brasil é uma modalidade que somente cresce e sua popularidade se mantém por muitos anos! Nosso país possui até mesmo muitos títulos mundiais, o que evidencia que esse é também uma das nossas paixões nacionais!

Sobre rafael

Veja Também

Franquia academia feminina

Franquias são sistemas que foram testados e refinados. Saiba tudo sobre uma franquia academia feminina. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *